quinta-feira, 7 de junho de 2012


SEQUÊNCIA DIDÁTICA
Turma: 6º ano
Conteúdo: A importância da energia elétrica
Ø  Energia elétrica
Ø  Circuito elétrico
Tempo estimado: duas a três aulas.
MATERIAL NECESSÁRIO
Lâmpadas de 1,5 ou 2,5 volts, fios, pilhas grandes (D), alguns pedaços de esponja de aço, alfinete, fita-crepe e sites que sirva de pesquisas para os alunos.
APRESENTAÇÃO
A presente aula exemplifica que circuito aberto ñ tem continuidade de corrente. Ex: um interruptor quando a lâmpada está apagada, é um exemplo clássico de circuito aberto, e o circuito fechado já é o contrário, tem continuidade de corrente. Ex: o mesmo do interruptor, mas com a lâmpada acesa, identificar os equipamentos que proporcionam conforto graças a energia elétrica, entender o que faz uma lâmpada acender, reconhecendo a importância da energia elétrica na nossa cultura.
DESENVOLVIMENTO
1ª etapa:
                Organizar a turma em equipes de quatro alunos e pedir que cada uma liste nomes de aparelhos que funcionam com energia elétrica. Em seguida pedir aos alunos que circule os aparelhos que proporcionam conforto as pessoas e que sublinhem aqueles que eles consideram imprescindíveis – ou seja, sem os quais a gente não conseguiria viver. Estabeleça um tempo para que os grupos compartilhem suas discussões. É esperado que os estudantes citem uma grande variedade de aparelhos que proporcionam conforto e segurança. E que concluam que seria muito difícil viver sem energia elétrica. Registre as principais ideias levantadas pela garotada e encaminhe uma atividade para ser feita em casa.
2ª etapa:
                Agora os alunos devem ser organizados em duplas ou trios para fazer uma pesquisa sobre artefatos do cotidiano, como Lâmpada elétrica, chuveiro, geladeira e ferro de passar roupa. Se a escola tiver biblioteca, faça uma seleção de material de casa e façam a pesquisa em sala de aula. Escreva no quadro um roteiro para auxiliar os alunos quanto aos objetivos da atividade: Que objeto é esse?  Quem o inventou? Quando, Como as pessoas viviam sem ele antes da invenção? Quais são as vantagens e desvantagens desse objeto para a sociedade? Combine com os estudantes como o registro da pesquisa será feito. Você pode pedir um texto expositivo, uma tabela ou uma lista de informações, entre outras possibilidades. Uma dica: escola um objeto e faça um registro coletivo que sirva de modelo. Ao final da pesquisa, crie condições para que eles compartilhem as informações que aprenderam no estudo.
3ª etapa
               A essa altura os alunos já perceberam a importância dos objetos que funcionam com energia elétrica – ou seja, como uma lâmpada acende. Organize a turma em equipes de quatro crianças e entregue uma lâmpada incandescente (2,5 volts) para cada grupo. Em seguida, pergunte: “O que é necessário para fazê-la acender?”. Peça que registre suas hipóteses com desenho ou por escrito. Depois distribua o restante do material (uma  pilhas grande de 1,5 volt, e dois pedaços de fio. Solicite que os alunos registrem a montagem no caderno por meio de desenho, identificando o gerador de energia (pilha), o fio condutor, a resistência elétrica (filamento da lâmpada) e o caminho percorrido pela corrente elétrica. Quando está fechado, o circuito permite a passagem da corrente, fazendo a lâmpada acender. Quando aberto, não há passagem de corrente e a lâmpada não funciona.
4ª etapa
                Para entender o funcionamento da lâmpada, é preciso observar seu filamento. Separe os seguintes materiais para cada equipe: duas pilhas grandes (D), um pedaço de esponja de aço, um alfinete, fita crepe e fio de telefone. Explique aos alunos que eles farão um experimento para entender como é produzido o brilho de uma lâmpada incandescente. Oriente-os a juntar as duas pilhas (polo positivo de uma em contato com o negativo da outra) e passar fita-crepe para uni-las. Em seguida, peça que prendam o alfinete em uma das extremidades do fio.
                O próximo passo é fechar o circuito, ou seja, encostar uma extremidade do fio no polo negativo e o alfinete no positivo como a ilustração a seguir.



   
                Incentive os estudantes a prever o resultado: “O que vai acontecer com o alfinete?”. A previsão pode ser feita oralmente ou por escrito. Em seguida realiza o procedimento. Peça que as crianças contem mais ou menos dez segundos e desfaçam o circuito. Elas devem relatar o que aconteceu e registrar no caderno. Oriente-as então, a prender um pedacinho da esponja de aço em uma das extremidades do fio, Depois solicite que encostem a extremidade livre do fio em um dos polos das pilhas e o pedacinho da esponja de aço no outro.  De novo os alunos deverão relatar o resultado e registrá-lo No primeiro procedimento, é esperado que o alfinete fique quente quando os alunos fecharem o circuito (sinal de que a corrente elétrica está passando por ele). No segundo o pedaço de esponja de aço ficará avermelhado, podendo até pegar fogo (outro indicativo de passagem da corrente elétrica).
CONCLUSÃO: 
                 A passagem de corrente é responsável pelo aquecimento tanto do alfinete quanto da esponja de aço. É isso que ocorre também com o filamento da lâmpada. Se os alunos perguntarem por que o filamento não pega fogo, permita que eles levantem suas hipóteses, antes de esclarecer a dúvida. O bulbo da lâmpada (vidro) é lacrado de modo a não existir oxigênio em seu interior. Assim, o filamento não pega fogo, mesmo ficando bem quente.
                Muito importante: deixe claro Pra os alunos que eles não devem tocar no alfinete ou na esponja de aço durante as experiências, pois ambos ficarão aquecidos por alguns segundos. Se preferir, faça a atividade coletivamente, de modo que os estudantes não precisem manipular o material.
AVALIAÇÃO:
                Peça as crianças que desenhe uma lâmpada, indicando os seus principais componentes, e que explique o caminho da corrente elétrica. O resultado do trabalho de pesquisa também pode ser avaliado.
O aluno pode trabalhar com um gravador como instrumento de registro ou fazer uso da escrita.

REFERÊNCIAS
pt.wikipedia.org/wiki

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário